quinta-feira, 27 de maio de 2010

Banco Alimentar pede ajuda no fim-de-semana


O Banco Alimentar Contra a Fome vai estar no próximo fim-de-semana em super e hipermercados de todo o país, para mais uma campanha de recolha de alimentos. A região não foge à regra e em Castelo Branco alguns dos 200 voluntários envolvidos podem ser encontrados em 14 locais da cidade, entre hipermercados e minimercados. A campanha passa também por Alcains, Idanha-a-Nova, Proença-a-Nova, Sobreira Formosa e pela primeira vez em Penamacor.

Ao todo estarão no terreno uma dezena de associações e instituições, bem como jovens de duas turmas da Escola Secundária de Amato Lusitano, informa a organização. Esta espera ultrapassar as 12,5 toneladas de alimentos recolhidos na campanha de Maio do ano passado e não ficar aquém das 18 toneladas de Dezembro.

No norte do distrito a recolha será dinamizada pelo Banco Alimentar Contra a Fome da Cova da Beira, que conta ter 300 voluntários em Belmonte, Covilhã, Tortosendo, Fundão, Guarda, Seia, Gouveia, São Romão, Sabugal e pela primeira vez em Trancoso.

Este Banco Alimentar fornece alimentos a 40 instituições da zona, que por seu lado apoiam cerca de 4 mil pessoas, entre as quais 840 crianças. Desde a primeira campanha, em Maio de 2002, já foram recolhidas 450 toneladas de alimentos.

Em Castelo Branco como na Cova da Beira o objectivo é comum, tal como os donativos pedidos. Os voluntários esperam alimentos com uma validade maior, como o leite, óleo, azeite, enlatados, feijão, grão, açúcar ou farinha.

Retirado de: Jornal Reconquista

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clica nas Mensagens Antigas

Clica nas Mensagens Antigas

Número total de visualizações de página